Metade da Europa já tem gasolina mais barata que o gasóleo

São cada vez mais os países em que a gasolina tem um preço de venda ao público mais baixo face ao gasóleo. Dos 28, há 13 em que isso acontece. A Holanda é o país em que o diesel compensa mais.

Semana após semana há um sobe e desce dos preços dos combustíveis. Cêntimos para cima, cêntimos para baixo, mas há uma coisa que não muda, que é o facto de o gasóleo ser sempre mais barato que a gasolina. Mesmo com a descida da carga fiscal, Portugal vai manter este paradigma que, contudo, está a mudar no resto da Europa. Entre os países do Velho Continente, praticamente metade já tem gasolina à venda a um preço inferior ao do diesel.

De acordo com dados da Comissão Europeia, são cada vez mais os países em que a gasolina tem um preço de venda ao público mais baixo face ao gasóleo — antes de impostos, a gasolina é sempre mais barata do que o dieselOlhando para os 28, são 13 em que isso acontece, sendo a Bélgica o país em que há um maior “desconto”. São quase 15 cêntimos em cada litro, acima dos 13 da Hungria e os 12 da Suécia. Na Áustria a diferença é de apenas 0,2 cêntimos, mas a gasolina bate o diesel.

A juntar a estes 13 há a Estónia, país em que seja a gasolina, seja a gasóleo, os consumidores pagam exatamente o mesmo por litro na hora de atestar o depósito. O valor médio de venda de cada um dos produtos é de 1,35 euros. Nos restantes, mantém-se o paradigma. Ou seja, diesel continua a beneficiar de uma tributação mais baixa que faz com que os automobilistas consigam pagar menos por litro na hora de atestar.

Fonte: Dados da Comissão Europeia referentes à semana de 12 de novembro | Valores em euros

Esta é uma realidade em vários países, casos de Espanha ou Alemanha. E ganha maior expressão na Holanda, em que o valor de venda do diesel é 20 cêntimos mais barato do que a gasolina, sendo que o top 3 fica concluído com a Grécia (15 cêntimos) e Malta (13 cêntimos). Portugal vem logo atrás. A diferença de preço entre ambos os produtos é de 12,8 cêntimos, com o diesel a ganhar à gasolina, de acordo com os dados semanais da Comissão Europeia.

Com as recentes descidas dos preços do petróleo nos mercados internacionais, a diferença de preços de venda ao público de ambos os combustíveis tem vindo a encolher, especialmente porque a gasolina tem registado um comportamento mais negativo nos mercados internacionais — há mais oferta, sendo que nesta altura do ano a procura é muito superior no caso do gasóleo já que este combustível é utilizado, nos EUA, para aquecimento das casas.

No Orçamento do Estado para 2019, o Executivo de António Costa anunciou uma descida de três cêntimos no ISP da gasolina, corte que, mantendo-se os preços de ambos os produtos nos mercados internacionais (bem como o câmbio entre o euro e o dólar) vai fazer baixar o diferencial entre os dois para menos de dez cêntimos. Com esta medida, o Governo pretende colocar a fiscalidade neste combustível ao nível da média europeia, passando a representar cerca de 60% do valor pago por litro pelos consumidores nos postos de abastecimento.

Retirado de eco

Anúncios

Publicado por

Marcelo Oliveira

Profissional com experiência consolidada na Gestão de Frotas em empresas de serviços de transporte ou com parque automóvel de volume. Mais detalhes em https://marceloxoliveira.com/quem-e-marcelo-oliveira

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.