Os 10 automóveis mais caros de sempre

Ferrari 250 GTO, 1962, pormenor mais caros

Quais os automóveis mais caros de sempre? Descobre aqui, numa contagem decrescente de valores crescentes até à exorbitância total.

Nesta lista vão encontrar valores absolutos com as maiores quantias despendidas até hoje na aquisição de um automóvel. Não é de admirar que esta lista dos mais caros seja constituída na totalidade por modelos históricos e todos eles transacionados em leilões.

Automóveis clássicos, futuros clássicos de edição limitada e com importância histórica continuam a ser um porto seguro para investidores. Aliás, o mercado de automóveis clássicos parece não parar de crescer. Nos últimos anos a procura intensificou-se, inflacionando os preços, até de máquinas que eram razoavelmente acessíveis e que muitos podiam ambicionar alcançar.

Uma realidade que a nossa lista dos mais caros não conhece. Aqui estamos a falar de realeza automóvel, a crème de la crème. E aqui ficam eles, por ordem crescente, com o preço original em dólares e convertido a euros à taxa atual:

10. 1954 Ferrari 375-Plus Spider Competizione, 1954

$18.400.177 (17.357.328€)

1954 Ferrari 375 Plus Spider Competizion

O Ferrari 375-Plus Spider Competizione foi usado exclusivamente pela equipa oficial da Ferrari, terminando a Mille Miglia de 1954 em segundo lugar, com Umberto Maglioli ao volante. O V12 de 5 litros estava posicionado à frente.

9. Ferrari 250 GT SWB California Spider, 1961

$18.500.000 (17.451.211€)

1961 Ferrari 250 GT SWB California Spider

Este Ferrari 250 é um verdadeiro achado, um entre 100 automóveis de uma colecção pertencente a Roger Baillon, que ficaram esquecidos num “barracão” qualquer.

8. Alfa Romeo 8C 2900B Lungo Spider by Touring, 1939

$19.800.000 (18.677.512€)

1939 alfa romeo 8c 2900b Lungo Spider

Carroçaria magistralmente desenhada pela Touring, o Alfa Romeo 8C 2900 B Lungo Spider é um grand tourer na sua essência. O motor é uma preciosidade: 8 cilindros em linha com duplo compressor. Apenas 12 unidades construidas.

7. Jaguar D-Type, 1955

$21.780.000 (20.544.191€)

1955 Jaguar D-Type

Vencedor das 24 horas de Le Mans em 1956, foi também primeiro Jaguar D-Type a ser construido. As cores, azul com listas e círculos brancos são as da equipa Ecurie Ecosse que competiu com ele.

6. Ferrari 275 GTB/C Speciale, 1964

$26.400.000 (24.902.050€)

1964 Ferrari 275 GTB C Speciale por Scaglietti

Raríssimo é como podemos classificar o 275 GTB/C Speciale, ao terem sido construidas apenas três unidades. O seu propósito foi o de homologar o 275 GTB para os circuitos, onde teria de lidar com rivais como o Ford GT40 ou o Shelby Cobra Daytona nas 24 horas de Le Mans em 1965. Primeiro Ferrari a vir equipado com uma suspensão traseira independente.

5. Ferrari 275 GTB/4S Nart Spider, 1964

$27.500.000 (25.941.404€)

1967 Ferrari 275 GTB 4S NART Spider

Um de 10, o 275 GTB/4 NART Spider foi vendido exclusivamente pelo importador Luigi Chinetti nos EUA, verificando a existência de apetite no mercado americano para desportivos descapotáveis. Ele requereu ao próprio Enzo Ferrari uma série de 275 GTB Spider que tivessem o emblema da NART (North American Racing Team) na traseira.

4. Ferrari 290 MM, 1956

$28.050.000 (26.460.232€)

1956 Ferrari 290 MM

Basta dizer que este 290 MM foi construído para Juan Manuel Fangio correr na Mille Miglia de 1956 para justificar o preço. Apenas quatro em existência.

3. Mercedes-Benz W196, 1954

$29.600.000 (27.922.384€)

1954 Mercedes W196 record breaker

Novamente Juan Manuel Fangio aparece associado à história de um dos exemplares da nossa lista. O W196 teve Fangio como piloto, e como se pode verificar pela imagem, nunca foi restaurado. Ainda possui as cicatrizes da última corrida em que participou.

2. Ferrari 335 Spider Scaglietti, 1957

$35.700.000 (33.677.111€)

1957 Ferrari 335 S Scaglietti

Um currículo longo nas pistas coloca o 335 Sport Scaglietti quase no topo da lista, participando em todos os grandes eventos: Sebring, Mille Miglia, Le Mans.

1. Ferrari 250 GTO, 1962

$38.115.000 (35.955.268€)

1962 Ferrari 250 GTO Berlinetta

A lista dos mais caros é dominada pela Ferrari, e, previsivelmente, culmina com um dos modelos mais míticos da marca: o 250 GTO Berlinetta. Construído propositadamente para Le Mans e o campeonato FIA GT da altura, o 250 GT Omologato venceu Le Mans em 1962 e 1963. Apenas existem 39 exemplares no total. Este exemplar em particular, com este preço exorbitante, foi dos que teve a carreira mais longa, mas também dos que foram mais bem mantidos ao longo do tempo.

Retirado de razaoautomovel

Anúncios

Publicado por

Marcelo Oliveira

Profissional com experiência consolidada na Gestão de Frotas em empresas de serviços de transporte ou com parque automóvel de volume. Mais detalhes em https://marceloxoliveira.com/quem-e-marcelo-oliveira

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s