Seguro automóvel. Conduza a sua despesa a uma redução até 72%

Fizemos mais de cem simulações de seguros automóveis junto de seguradoras e mediadores. Direct, Logo e N Seguros são as mais baratas. Fidelidade, Lusitania e Tranquilidade são as mais caras.

O dinheiro gasto com os automóveis é dos melhores candidatos a um corte familiar, porque as despesas de transporte só são ultrapassadas pelos custos da habitação nos orçamentos dos portugueses. Um em cada sete euros despendidos pelas famílias portuguesas é rubricado como despesa de transporte, revela o último Inquérito às Famílias do Instituto Nacional de Estatística.

O seguro automóvel é, provavelmente, o capítulo no qual é possível reduzir mais os gastos. A análise do Observador mostra que, no limite, é possível cortar a anuidade entre 44% e 72%.

Ainda há muito por onde as companhias de seguros podem descer os seus tarifários. No primeiro trimestre de 2015, apesar de terem cobrado mais pelos seguros automóveis face ao ano anterior, os custos dos sinistros baixaram, alargando a margem operacional do negócio, mostram as últimas estatísticas publicadas pela Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões (ASF).

Não é difícil poupar no seguro do carro. Basta que se afaste das grandes companhias de seguros e abrace uma que funcione maioritariamente pelo telefone ou pela Internet. A investigação do Observador revela que a Fidelidade, a Lusitania e a Tranquilidade são as mais caras. Direct (antiga Seguro Directo), Logo e N Seguros são as mais económicas.

Para a maioria não será difícil poupar, porque são clientes das mais caras. Fidelidade, Lusitania e Tranquilidade têm mais de um terço do mercado português de seguros automóveis. Logo e N Seguros não reúnem 1% da produção de seguros para carros, mostram os dados provisórios da ASF referentes a 2014. (A Direct não é incluída nas contas por ser uma marca da sucursal da espanhola Axa Global Direct Seguros y Reaseguros.)

Em busca dos mais baratos

A investigação do Observador sobre os preços mais baixos dos seguros automóveis abrangeu nove companhias de seguros que incluem simuladores de prémios nos seus portais na Internet: Direct, Fidelidade, Logo, Lusitania, Mapfre, N Seguros, Ok! Teleseguros, Popular Seguros e Tranquilidade. Adicionalmente, analisámos as propostas de dois mediadores de seguros: ACP Seguros e Seguros Continente. No total, fizemos 110 simulações nos passados dias 1 e 2 de julho.

O Seguros Continente apenas se destacou uma vez: ficou na segunda posição da proposta mais económica para um condutor de 55 anos de um Renault Clio Break de 2008 com um acidente no cadastro nos últimos cinco anos.

Procurámos apenas os seguros mais baratos propostos por cada uma das companhias e por cada um dos mediadores em dez casos concretos. Regra geral, as ofertas mais económicas incluem apenas cobertura de responsabilidade civil de seis milhões de euros, assistência em viagem e proteção jurídica.

Não fizemos comparações além das ofertas mais baratas, porque os pacotes sugeridos são pouco comparáveis e porque a maioria das companhias de seguros reduz a oferta à solução-base quando as viaturas têm mais de uma década. Mais de metade dos automóveis ligeiros portugueses têm mais de dez anos.

Os casos analisados tentam captar todo o mercado de seguros automóveis. Casámos aleatoriamente perfis do sexo masculino e feminino entre os 20 e os 70 anos com automóveis que foram sucessos de vendas ao longo dos últimos 20 anos. Distribuímos, depois, os casos pelas localidades que têm mais residentes com seguros automóveis. Assumimos que as pessoas tiraram a carta de condução por volta dos 20 anos. Três casos tiveram acidentes com culpa nos últimos cinco anos.

renault-captur-20151Automóvel: Renault Captur 1.5 dCi Sport 90cv (2015)

Idade do condutor: 45 anos

Residência: Lisboa Seguradora mais barata: Direct (115,87€) Alternativa: Logo (182,82€)

Seguradora mais cara: Tranquilidade (411,24€)

Poupança: 72%

Embora este condutor tenha carta de condução há 25 anos, só agora comprou o seu primeiro carro: um Renault Captur, o sétimo modelo mais vendido nos primeiros cinco meses de 2015. Se for de imediato à Tranquilidade sem consultar o restante mercado, paga uma anuidade de 411,24 euros pelo seu seguro de responsabilidade civil, assistência em viagem e proteção jurídica. Todavia, a solução mais barata é da Direct: com a mesma cobertura, o seguro custa 115,87 euros por ano, menos 72% do que na Tranquilidade. A Direct, antes denominada Seguro Directo, pertence ao grupo Axa.

bmw-318-1996Automóvel: BMW 318 tds Touring (1996)

Idade da condutora: 70 anos

Residência: Setúbal

Seguradora mais barata: Logo (109,07€)

Alternativa: Direct (116,95€)

Seguradora mais cara: Lusitania (222,51€) Poupança: 51%

Esta septuagenária continua a conduzir diariamente o seu BMW 318 tds Touring, adquirido quando tinha 51 anos. Embora nunca tenha tido acidentes por sua culpa, a condutora é penalizada pela sua idade. A Lusitania cobra 222,51 euros de anuidade do seguro de responsabilidade civil e proteção jurídica, mais do dobro do que a condutora pagaria na Logo pela mesma cobertura adicionada de assistência em viagem.

mercedes-c220-1998Automóvel: Mercedes C 220 CDI Elegance (1998)

Idade do condutor: 65 anos

Residência: Aveiro

Seguradora mais barata:

N Seguros (118,88€)

Alternativa: Logo (126,17€)

Seguradora mais cara: Lusitania (225,51€)

Poupança: 47%

Lusitania, Tranquilidade e Fidelidade gostariam de cobrar mais de 200 euros por ano pelo seguro de responsabilidade civil e proteção jurídica (e assistência em viagem, nos casos da Tranquilidade e da Fidelidade) a este condutor aveirense de 65 anos que não tem acidentes há mais de uma década. Contratando o N Auto Sénior, um produto da N Seguros, paga 118,88 euros, um poupança de 47% face à solução da Lusitania. A N Seguros pertence ao Montepio.

opel-corsa-2001Automóvel: Opel Corsa C 1.2 16V Confort (2001)

Idade da condutora: 20 anos

Residência: Porto

Seguradora mais barata: Popular Seguros (306,52€)

Alternativa: Ok! Teleseguros (364,87€)

Seguradora mais cara:

Tranquilidade (830,57€)

Poupança: 63%

Esta recém-encartada comprou um Opel Corsa com 14 anos para o seu percurso diário para o trabalho. Porém, a sua inexperiência sai-lhe cara. A Tranquilidade, a seguradora recentemente adquirida pelo grupo norte-americano Apollo Global Management, propõe-lhe uma anuidade de 830,57 euros. A opção mais económica é da Popular Seguros, embora a simulação efetuada no seu portal indique que a aceitação do contrato é reservada a estudo posterior. A alternativa é da Ok! Teleseguros, que faz parte da Fidelidade.

renault-clio-1999Automóvel: Renault Clio 1.2 RT (1999)

Idade da condutora: 25 anos

Residência: Braga

Último sinistro: agosto de 2011

Seguradora mais barata: Direct (147,35€)

Alternativa: N Seguros (151,43€)

Seguradora mais cara: Fidelidade (289,24€)

Poupança: 49%

Cerca de um ano depois de tirar a carta, esta condutora bracarense provocou um acidente rodoviário. Este histórico reflete-se nos prémios exigidos por algumas companhias de seguros. A Fidelidade apresenta uma anuidade de 289,24 euros. No entanto, a condutora pode reduzir a despesa anual para quase metade ao optar pela Direct ou pela N Seguros.

peugeot-206-2005Automóvel: Peugeot 206 1.1 Look II (2005)

Idade da condutora: 60 anos

Residência: Porto

Seguradora mais barata: Direct (115,87€)

Alternativa: N Seguros (124,21€)

Seguradora mais cara: Lusitania (205,61€)

Poupança: 44%

Há dez anos esta condutora comprou um Peugeot 206 ao qual se mantém fiel. Para reduzir a despesa com o automóvel deve transferir o seguro de responsabilidade civil, assistência em viagem e proteção jurídica para a Direct, ficando a pagar 115,87 euros por ano. Este montante representa uma poupança de 44% face à proposta mais cara, da Lusitania.

renault-clio-2008Automóvel: Renault Clio Break 1.5 dCi Dynamique (2008)

Idade do condutor: 55 anos

Residência: Lisboa

Último sinistro: agosto de 2010

Seguradora mais barata: N Seguros (129,52€)

Alternativa: Seguros Continente (133,90€)

Seguradora mais cara: Fidelidade (258,32€)

Poupança: 50%

Este condutor lisboeta teve um aparatoso acidente no verão de 2010, o que lhe prejudica o cálculo da anuidade do seguro automóvel na maioria das companhias. No entanto, a N Seguros apenas quer saber dos sinistros dos últimos três anos, por isso apresenta-lhe a proposta mais económica, de 129,52 euros por ano, para a sua nova carrinha Renault Clio que acabou de comprar usada. O valor é metade da oferta mais dispendiosa, da Fidelidade.

volkswagen-golf-1997Automóvel: Volkswagen Golf 1.9 TDI Confortline (2002)

Idade do condutor: 40 anos

Residência: Porto

Seguradora mais barata: Direct (124,68€)

Alternativa: Ok! Teleseguros (138,82€)

Seguradora mais cara: Fidelidade (243,02€)

Poupança: 49%

Este é o perfil mais frequente dos tomadores de seguros: cerca de 40 anos de idade com um automóvel com pouco mais de uma dezena de anos. Também neste caso é possível poupar quase metade do dinheiro. Enquanto a Fidelidade pede 243,02 euros pelo seguro de responsabilidade civil, assistência em viagem e proteção jurídica, a Direct exige 124,68 euros por uma cobertura semelhante. A Ok! Teleseguros (138,82 euros) e a N Seguros (140,73 euros) são também económicas.

Automóvel: Renault Mégane Sport Tourer 1.5 dCi Dynamic S (2010)

Idade da condutora: 35 anos

Residência: Lisboa

Seguradora mais barata: Logo (117,60€)

Alternativa: Ok! Teleseguros (119,70€)

Seguradora mais cara: Fidelidade (251,22€)

Poupança: 53%

É importante que, periodicamente, os condutores façam um estudo de mercado sobre os prémios de seguros propostos pela maioria das companhias de seguros. Cinco anos após ter comprado a sua Renault Mégane Sport Tourer, esta lisboeta descobre que o seguro mais caro custa duas vezes mais do que o mais barato. No seu caso, a Fidelidade é quem mais cobra, 251,22 euros, enquanto a Logo é a mais económica, com uma anuidade de 117,60 euros.

vw-polo-2000Automóvel: Volkswagen Polo 1.0 Confortline (2000)

Idade do condutor: 30 anos

Residência: Braga

Último sinistro: agosto de 2012

Seguro mais barato: Logo (134,25€)

Alternativa: Popular Seguros (154,24€)

Seguro mais caro: Fidelidade (240,86€)

Poupança: 44%

Após dez anos na mesma companhia de seguros, se este condutor bracarense procurar a melhor proposta para transferir o seu contrato, verificará uma discrepância de 44% entre a solução mais económica e mais dispendiosa. A Logo cobra 134,25 euros de anuidade do seguro de responsabilidade civil, assistência em viagem light e assistência jurídica, enquanto a Fidelidade pede 240,86 euros por ano pela cobertura de responsabilidade civil, assistência em viagem, proteção jurídica e proteção ao condutor.

Retirado de observador

Anúncios

Publicado por

Marcelo Oliveira

Profissional com experiência consolidada na Gestão de Frotas em empresas de serviços de transporte ou com parque automóvel de volume. Mais detalhes em https://marceloxoliveira.com/quem-e-marcelo-oliveira

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s