Vendas de automóveis ultrapassam 170 mil unidades em 2014?

vendas_maio_fleetmagazine_pt

A crescer a este ritmo, o mercado automóvel em 2014 pode registar um crescimento bastante acima do que perspetivavam as análises iniciais mais otimistas.

Numa conferência de imprensa realizada no início de fevereiro de 2014, Hélder Pedro, secretário-geral da ACAP referiu uma expectativa de crescimento anual de cerca de 4 por cento, daqui resultando cerca de 130 mil unidades até ao final de 2014. Na ocasião, o responsável da ACAP referiu a necessidade das vendas atingirem as 150 mil unidades, como forma de superar a situação negativa em que o sector das vendas automóveis em Portugal se encontrava. O que dificilmente aconteceria antes de 2016, adiantava na ocasião Hélder Pedro.

Na realidade, como se percebe pelo quadro acima, apesar das vendas de viaturas ligeiras (incluindo comerciais e modelos de todo-o-terreno) continuarem abaixo das registadas em 2010 ou 2011, por exemplo, a manter-se o crescimento do mercado registado desde o início do ano, as vendas desta classe de viaturas poderão chegar às 168 mil unidades.

A este valor dever-se-á somar o total de veículos pesados, que continua também a conhecer forte procura.

Este facto costuma ser um bom indicador do crescimento económico do país.

Retirado de fleetmagazine

Anúncios

Publicado por

Marcelo Oliveira

Profissional com experiência consolidada na Gestão de Frotas em empresas de serviços de transporte ou com parque automóvel de volume. Mais detalhes em https://marceloxoliveira.com/quem-e-marcelo-oliveira

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.