Etiqueta Europeia conhecida por apenas 20% dos condutores

etiqueta13Os retalhistas de pneus não estão a aproveitar a oportunidade da etiqueta para vender os seus pneus novos ao cliente final. Esta é uma das conclusões que se pode retirar do recente estudo realizado pelo CDI de Confortauto (Centro de Desenvolvimento e Inovação) no qual se verifica que só 20% dos automobilistas conhecem as vantagens da informação da etiqueta europeia do pneu em vigor há 9 meses.

Apesar desta iniciativa pretender ajudar os profissionais das oficinas na hora de argumentar o produto com três elementos chave sobre o pneu, quatro de cada cinco condutores que trocaram os pneus desde Novembro de 2012, data de entrada em vigor da etiqueta – até a data de hoje, dizem não ter recebido informação em profundidade sobre esta ferramenta, mesmo depois de todos os sistemas informáticos das casas de pneus já estarem adaptados para poder informar o cliente sobre a aderência em molhado, a poupança de combustível ou o ruído, tal como obriga a legislação.

Esta é sem dúvida uma poderosa ferramenta para argumentar o produto na hora de vender e até ao momento não está a ser muito utilizada pelas oficinas de pneus. Cerca de 89% das pessoas inquiridas assinalou como importante ou muito importante a entrada em vigor desta iniciativa, segundo este estudo.

O CDI de Confortauto também questionou qual das características da etiqueta eram mais importante para os condutores. Os dados revelam que a segurança ao volante é a prioridade de todos os condutores. O inquérito assinala que 74% dos automobilistas consideram a aderência em molhado de um pneu como a mais importante quando analisa a etiqueta.

Apesar da crise económica que afecta a sociedade, o condutor prefere a segurança face à poupança de combustível que um pneu lhe possa oferecer. Em realidade, só 23% dos condutores de veículos assinalam o item da poupança de combustível como primordial entre os que avalia a etiqueta.

O terceiro elemento abordado na etiqueta europeia, é o ruído, segundo os inquiridos, este só tem curiosidade para os condutores e só um 3% o destaca antes da segurança e a economia.

Sem dúvida, o sector não está a aproveitar assim uma nova oportunidade de converter a venda num produto associado à segurança rodoviária e à alta tecnologia numa experiência para o cliente. Um cliente procura informação que, até à data e apesar do seu valor, as oficinas não alteraram a forma de vender o pneu.

Retirado de oficinaturbo

Anúncios

Publicado por

Marcelo Oliveira

Profissional com experiência consolidada na Gestão de Frotas em empresas de serviços de transporte ou com parque automóvel de volume. Mais detalhes em https://marceloxoliveira.com/quem-e-marcelo-oliveira

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.