Dados da Bridgestone são alarmantes

dadosbridgeA Bridgestone, o maior fabricante de pneus do mundo, está preocupada com o claro declínio na segurança dos condutores na Europa devido à má manutenção dos pneus. Com base nos resultado nas mais de 28 mil verificações de segurança realizadas em 2012 – a 8ª edição consecutiva – mais de 78% dos veículos encontravam-se com pressão abaixo do ideal, enquanto que 25% tinha o piso abaixo dos mínimos legais. Os números são alarmantes, tanto mais que representam um aumento de cerca de 25% comparativamente a 2011. A causa mais provável do aumento é a crise económica, o aumento dos preços dos combustíveis e diminuição do poder de compra. No entanto, a Bridgestone adverte contra os perigos da pneus não cheios e/ou usados com pressão incorreta, dado que comprometem a segurança nas estradas, diminuindo a estabilidade e resposta da direção ao mesmo tempo que aumenta as distâncias de travagem.

Jake Rønsholt, General Manager Corporate & Brand Communications, Bridgestone Europe: “Conduzir com pressão abaixo do ideal não é apenas perigoso: é um enorme desperdício de combustível e causa das emissões de carbono que poderiam ser facilmente evitadas por simples controlos regulares. O ideal seria os condutores verificarem a pressão dos pneus uma vez por mês e, ao fazê-lo, verificar a profundidade do piso e olhar para possíveis danos ou desgaste irregular. Algumas pessoas esquecem-se que a condução com pneus com pressão inadequada e/ou gasto pode ter um impacto na direção e travões…Muitos apenas veem os pneus como pretos e redondos, mas devemos sempre ter em mente que eles são o único ponto de contacto com a estrada”.

Os alarmantes dados de 2012 representam um aumento significativo comparativamente a 2011, onde 63% e 20% dos condutores estavam, respectivamente, com pneus com pressão desadequada e piso abaixo do mínimo legal – um aumento de cerca de 25% em apenas um ano! A explicação mais lógica para o aumento é a crise económica, com os consumidores menos propensos a gastar dinheiro na substituição atempada dos pneus. Da mesma forma, o aumento dos preços dos combustíveis e queda do poder de compra significa que muitos condutores recorrem aos veículos com menos frequência, traduzindo-se igualmente numa ainda menor cadência na verificação de pneus.

Ironicamente, a manutenção deficiente dos pneus é provável que custe mais dinheiro aos condutores ao longo do tempo. Pneus que não circulem com a pressão ideal desgastam-se mais rapidamente e levam ao desperdício de cerca de 3,9 biliões de litros de combustível e emissão de 9,2 milhões de toneladas de C02 por ano. O que significa um aumento de custo para os condutores e para a sociedade como um todo.

Neste cenário, a Bridgestone insta os condutores a verificarem os pneus regularmente, mantendo a pressão correta e substituir os pneus gastos ou danificados antes que se tornem um problema.

A Bridgestone continuará realizando verificações de segurança dos pneus em toda a Europa, a fim de aumentar a consciência sobre a importância da manutenção dos pneus e o seu impacto na segurança, o ambiente e a poupança.

RESULTADOS DO ESTUDO:

• Número de pneus com pressão abaixo do ideal ou gastos sobe 25% em 2012;

• 78% dos condutores conduzem com os pneus com pressão errada  (63% em 2011);

• 25% dos condutores circulam com o piso do pneus abaixo do limite legal (20% em 2011);

• A crise financeira será a causa mais provável de declínio na segurança dos pneus;

• Pneus com pressão diminuta ou gastos é perigoso e anti-económico;

• A diminuição da manutenção dos pneus causa bilhões de litros de combustível desperdiçado e emissões de CO2 na casa das 9,2 milhões de toneladas por ano.

Publicado por

Marcelo Oliveira

Profissional com experiência consolidada na Gestão de Frotas em empresas de serviços de transporte ou com parque automóvel de volume. Mais detalhes em https://marceloxoliveira.com/quem-e-marcelo-oliveira

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.