Importância e Competências do Gestor de Frota

582490_560425523987412_436668375_n“Só uma empresa sem visão é que não contrata alguém para gerir a sua frota”. Esta é a convicção de Craig Watson, ex-gestor de leasing e agora gestor de frota da empresa norte-americana de tecnologia Integral. “Para empresas frotistas, o principal gasto são as viaturas. É essencial para uma empresa ter alguém encarregue de gerir os gastos com combustível, manutenção de veículos e sinistralidade”. De facto, inúmeras são as empresas que se queixam da constante escalada dos preços de combustível e dos acidentes que sofrem.

“O salário de um gestor de frota tem um retorno de quatro a cinco vezes mais o valor pago”, explicou Watson ao site Fleet News. “As empresas que fornecem serviços de aluguer operacional de veículos (AOV) fazem um bom trabalho, mas as companhias “inteligentes” contratam um gestor de frotas”.

De facto, as empresas frotistas podem optar pelo AOV, dispensando assim a necessidade de adquirir viaturas e encarregar-se dos custos da manutenção, mas, para Craig, compensa mais contratar um gestor de frota, que irá conhecer as necessidades da empresa e pode controlar o desempenho da frota na sua totalidade, desde o número e tipo de viaturas necessárias, aos percursos que devem ser feitos nas visitas a clientes.

Ao gestor de frota não pode faltar um poderoso aliado: um sistema de gestão de frotas e localização GPS, através do qual o gestor pode controlar a performance da frota na sua totalidade. O sistema permite localizar as viaturas permanentemente, em tempo real e em qualquer lugar, e fornece relatórios de gastos de combustível, de velocidade, de percursos realizados, entre outros indicadores essenciais à gestão de frotas.

COMPETÊNCIAS

As competências dos Gestores de Frota são enormes. Será ainda mais se for tomado em conta que, muitas vezes, esta função é apenas uma pequena parte do seu trabalho. Se a questão for olhada do ponto de vista do carro, são vários os departamentos que influenciam a aquisição, utilização e gestão do veículo. Quem negoceia a aquisição poderá não ser a mesma pessoa que define os plafonds para as rendas. Veja então as 13 competências de um gestor de frota:

■estratégia de composição da frota

■consulta de mercado

■gestão de processos e fornecedores

■definição das regras e funcionamentos da frota

■controlo de cumprimento dos procedimentos

■análise da informação de gestão

■ligação aos seguros e às oficinas

■definição do tipo de intervenção de reparação

■gestão dos pneus e outros serviços não contratados

■gestão de combustível

■gestão das rotas

■controlo dos desvios de quilometragem

■redimensionamento de contratos

Fonte: fleetmagazine

Publicado por

Marcelo Oliveira

Profissional com experiência consolidada na Gestão de Frotas em empresas de serviços de transporte ou com parque automóvel de volume. Mais detalhes em https://marceloxoliveira.com/quem-e-marcelo-oliveira

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.