Comerciais ligeiros, mas emissões pesadas

comerciais_ligeirosOs comerciais ligeiros, em especial as chamadas carrinhas ou furgões, mas onde também proliferam as pick-up 4 x 4, são a classe de transporte onde as emissões com efeito de estufa (GHG) sobem mais rapidamente, tendo crescido 26% entre 1995 e 2010. Neste momento, as emissões dos “ligeiros” valem 8% do total das emissões geradas pelos transportes, com crescimento à vista para os próximos anos, segundo um estudo da comissão de Transportes e Ambiente da U.E. O mesmo estudo revela que um limite de 118 g/km duplicaria a redução de emissões de CO2 (2,7 milhões de toneladas anuais), relativamente à meta de 147 g/km que está proposta. Como a redução de emissões significa também menor consumo de combustível, a tecnologia suplementar para conseguir o limite de 118 g/km, seria paga pelas economias de combustível conseguidas em três anos.

Entretanto, as propostas aprovadas em Julho para a redução das emissões de CO2  mantiveram o actual limite de 147 g/km para os comerciais ligeiros e baixaram para 95 g/km os automóveis. Claro que alguma diferença terá que haver, mas nem tanto.

O custo anual em gasóleo para o utilizador de uma Van anda pelos € 2.400. cerca de 1/3 dos custos totais para o utilizador. O referido relatório mostra que o limite mais baixo (118 g/km) criaria um retorno em combustível, que atingiria os € 6.500 no ciclo de vida do veículo.

Greg Archer, da comissão de Transportes e Ambiente, afirmou que a proposta de ficar pelos 147 g/km sabota o negócios em tecnologias de controlo de emissões para os comerciais ligeiros e ignora totalmente as vantagens económicas e ambientais de um limite inferior. A potencial utilização de tecnologias que foram desenvolvidas para reduzir as emissões dos automóveis fica assim na gaveta, segundo Greg Archer, que não vê razão para não ser adoptado o limite de 118 g/km.

Fonte: revistadospneus

Anúncios

Publicado por

Marcelo Oliveira

Profissional com experiência consolidada na Gestão de Frotas em empresas de serviços de transporte ou com parque automóvel de volume. Mais detalhes em https://marceloxoliveira.com/quem-e-marcelo-oliveira

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.