Frio reduz autonomia dos eléctricos

FRIOTal como acontece com as baterias de arranque, as baterias utilizadas nos veículos eléctricos actuais perdem a sua capacidade de fornecer corrente eléctrica com o frio, devido à inibição das transformações físico químicas que estão na origem do fornecimento da corrente.

Este facto acaba de ser comprovado no Centro Tecnológico da DEKRA, após terem sido efectuados vários testes conclusivos.

Efectivamente, a -5º C as baterias de um Citroen C-Zero perdem quase metade da sua carga, considerando a carga normal acima de 22º C.

Os testes efectuados pelos técnicos da DEKRA foram realizados num banco dinamométrico de rolos.

A uma temperatura de 22º C, o carro conseguiu percorrer 138km, de acordo com o novo ciclo europeu de condução (NEDC).

A -5º C, o mesmo carro apenas conseguiu percorrer 65km (-53%), o que levou os peritos da DEKRA a lançar um aviso aos condutores deste tipo de carros, quando necessitarem fazer deslocações em pleno Inverno.

Para tornar as condições de teste mais realistas, os técnicos ligaram o sistema de climatização acima dos 22º C e o aquecimento do habitáculo e dos bancos frontais durante 10 minutos, com temperaturas negativas.

A verdade é que, para temperaturas normais da estação quente (> 22º C), apenas 56% da carga da bateria chega efectivamente à rodas, enquanto que no Inverno (-5º C) essa percentagem não ultrapassa dos 22%.

Além da perda da carga das baterias de alta tensão, as perdas de corrente entre o módulo de potência e o motor também são mais elevadas com o frio.

A travagem regenerativa permite recuperar alguma energia, mas desta energia recuperada apenas 56% chega realmente à bateria, em condições reais de utilização.

Estas conclusões parecem indicar que a mobilidade eléctrica em climas frios depende mais de tecnologias como a célula de combustível, do que das baterias actualmente disponíveis no mercado.

Fonte: jornaldasoficinas

Anúncios

Publicado por

Marcelo Oliveira

Profissional com experiência consolidada na Gestão de Frotas em empresas de serviços de transporte ou com parque automóvel de volume. Mais detalhes em https://marceloxoliveira.com/quem-e-marcelo-oliveira

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.