Teste a Prius Plug-in revela consumos 32% menores que diesel

Os consumos do Toyota Prius Plug-in estão 32% abaixo da sua versão a diesel e 28% menos que na versão híbrida.

Os dados foram retirados de viaturas em teste em situações reais, conduzidos por três colaboradores da Galp Energia, que tiveram os modelos monitorizados durante três anos pelo Instituto Superior Técnico.

Nas emissões a diferença ainda é maior. O Prius Plug-in, um híbrido com possibilidade de carregamento por tomada, emite menos 35% de gCO2/km que um híbrido e -40% que um diesel.

Os dados mostram que a distância de mais de 90% das viagens feitas por estes carros foram inferiores a 20 km. Dos 130 mil quilómetros percorridos, mais de metade foram feitos em modo eléctrico.

No entanto, as viagens em modo exclusivamente elétrico não ultrapassaram, em média, os 10 quilómetros. Os consumos reais foram entre três a 3,5 l/100 km.

O perfil dos utilizadores foi distinto:

– Tipo 1: movimentos pendulares inferiores a 10 km, com origem e destino no concelho de Matosinhos;

– Tipo 2: movimentos pendulares entre 10 e 20 km, com origem e destino nos concelhos de Santiago do Cacém e Sines;

– Tipo 3: movimentos pendulares entre 20 e 40 km, com origem e destino nos concelhos de Oeiras e Lisboa.

Este modelo oferece uma condução de 25 km em modo 100% elétrico com recurso ao carregamento das baterias lítio, através da ligação a qualquer tomada doméstica, num período de apenas 90 minutos.

O Prius Plug-in está disponível pelo preço de 38.000 euros.

Fonte: fleetmagazine