Volvo V40 com emissões abaixo de 94 g/km e 3,6 l/100 km

A Volvo está a lançar o V40, um carro desenhado a partir da experiência de milhares de condutores. Motor 1.6 com emissões abaixo das 94 g/km e consumo de 3,6 l/100 km inicia a gama diesel.

A marca deposita grande esperança neste compacto, construído à imagem do consumidor. Um dos seus grandes argumentos provirá do preço: 28.152 euros.

Não vai ser apenas o posicionamento deste produto a trazer novidades dentro da marca. A Volvo quer que este seja o carro de escolha e para isso acrescenta equipamento para ligar o condutor a este modelo. Um novo dispositivo de infotainment na coluna central ou três versões de leitura do painel de instrumentos são alguns desses detalhes.

Por outro lado, o chassis foi desenhado para dar uma experiência de condução ágil e de prazer em guiar o carro. A gama de motores tem toda start-stop e regeneração de energia a partir da travagem, venha o carro equipado com caixa automática ou manual.

Nos motores diesel, o 2.0 de cinco cilindros foi otimizado de forma a gastar e poluir menos, sem perder as suas competências. Com 177 cv e um binário de 400 Nm, consegue uma aceleração 0-100 km/h em 8,3 segundos (com caixa manual). O consumo anunciado é de 4,5 l/100 km e as emissões de 119 g/km com caixa manual, subindo para os 5,3 l/100 km e 139 g/100km com automática. A transmissão será sempre de seis velocidades.

Mas a versão D2 deverá ser a mais apetecível para o mercado empresarial. Com emissões de 94 g/km, o consumo de combustível fica-se pelos 3,6 l/100 km. Neste motor de 1.6 litros, a potência é de 115 cavalos e 285 Nm de binário, que já incluem os 15 Nm conseguidos de sobrealimentação.

Esta versão tem também painéis por baixo da carroçaria que contribuem para um baixo consumo de combustível e redução de emissões. Este motor também pode ser equipado com a transmissão automática de seis velocidades.

Como o V40 foi desenhado a partir da opinião de milhares de consumidores, os detalhes do interior não foram esquecidos. Arrumações para CD’s ou copos e um porta-luvas refrigerado onde cabem duas garrafas fazem parte destes reservatórios desenhados à medida. Os bancos traseiros podem ser deitados numa proporção de 40/60, mas de diversas formas para levar objetos mais longos. O V40 pode ser equipado com um chão extra no compartimento de carga para que fique liso quando estes bancos traseiros são arrumados.

Fonte: fleetmagazine

Publicado por

Marcelo Oliveira

Profissional com experiência consolidada na Gestão de Frotas em empresas de serviços de transporte ou com parque automóvel de volume. Mais detalhes em https://marceloxoliveira.com/quem-e-marcelo-oliveira

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.